Atendimento de segunda a sexta das 7:30h às 11:30h e das 13:15h às 18:00h, aos sábados das 7:30 às 18:00

Produtos Ametista 3000054   Nome científico: Plectranthus
Nome popular: Ametista
Família: Lamiaceae
Origem: África do Sul
Porte: 50 cm de altura
Características: Ela não requer muitos cuidados, somente regas diárias. Fica bem ao sol ou à meia sombra. Após a floração, suas hastes devem ser podadas e transplantadas para o jardim ou para um vaso maior. Uma vez a cada quinze dias necessita de adubação com nutrientes
Crossandra 3000053   Nome científico: Crossandra Infundibuliformis
Nome popular: Crossandra
Família: Acanthaceae
Origem: Ásia, Índia, Sri Lanka
Porte: De 0.6 a 0.9 metros
Características: Deve ser cultivada sob sol pleno ou meia sombra, em solo fértil, permeável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado periodicamente. Mesmo tolerando o sol pleno, a crossandra aprecia mais a meia-sombra ou a luz filtrada. Apesar de perene, o florescimento e o vigor da planta decaem com a idade e é recomendável renovar os canteiros com mudas jovens a cada 3 ou 4 anos. Não resiste ao frio ou às geadas. As podas, realizadas após o florescimento, renovam a folhagem e dão o formato desejado ao arbusto.
Mini Hibiscos 3000052   Nome científico: Hibiscus rosa-sinensis
Nome popular: Mini Hibiscos
Família: Malvaceae
Origem: Asiática
Porte: Seu porte anão chega a uma altura de 80 cm.
Características: Suas flores vivem durante um dia, mas florescem durante todo o ano sem interrupções, mas para isso precisa ser cuidado de maneira correta. O cultivo precisa ser feito a meia sombra e o solo deve ser poroso e quanto a adubação isso vai depender da adaptação da planta podendo ser duas vezes por ano ou até mesmo uma vez. Regar a planta semanalmente é importante principalmente se ela estiver plantada em vasos. Como são de fácil cultivo vivem perfeitamente em locais pequenos e também em jardins e florestas.
Mini-rosas 3000051   Nome científico: Rosa chinensis
Nome popular: Mini-rosas
Família: Rosáceas
Origem: Ásia - China
Porte: Até 40 centímetros
Características: Vermelhas, róseas, brancas ou amarelas. Cultivadas preferencialmente em vasos, as flores se formam praticamente o ano inteiro, principalmente na primavera. O tamanho da planta deve chegar aos 40 centímetros. Ela suporta o sol, sem grandes problemas, apesar da realidade de preferir climas frios. Mas os resultados em locais mais quentes também são muito satisfatórios. O solo deve ser adubado com farinha de ossos, torta de mamona ou adubo orgânico. Preferencialmente, deve-se adubar a terra 3 vezes por ano. As regas devem ser generosas, principalmente em dias muito quentes, mas não precisam acontecer todos os dias.
Callas ou Copo-de-leite 3000050   Nome científico: Zantedeschia aethiopica Spreng
Nome popular: Callas ou Copo-de-leite
Família: Araceae
Origem: África
Porte: De 0,60 a 1,00 metro de altura
Características: Se adapta em lugares úmidos, com uma boa iluminação, mas, não necessariamente expostas ao sol ou a luz. Ela é uma planta bem resistente, florida e com uma grande possibilidade de você colocá-la em ambientes fechados e se desejar abrilhantar ainda mais. Perene
Viréia 3000049   Nome científico: Rhododendron retusum (Blume) Benn
Nome popular: Viréia
Família: Ericaceae
Origem: Indonésia e sudeste da Ásia
Porte: Entre 3 a 6,0 metros
Características: Arbusto de folhagem perene. Ramos lenhosos de cor acinzentada numerosos. Necessita de solo ácido com bom teor de matéria orgânica e bem drenado.
Utilizar para plantio uma mistura de composto orgânico, turfa e areia na mesma proporção. Colocar a mistura de substratos e adubos no fundo, acomodar o torrão e preencher as laterais com a mesma mistura. Regar bem durante alguns dias até a aclimatação da muda, que irá apresentar sinais de desenvolvimento. Depois deixar o solo secar entre as regas.
Magnólia-branca 3000048   Nome científico: Magnólia Grandiflora
Nome popular: Magnólia-branca
Família: Magnoliáceas
Origem: Carolina do Sul, nos Estados Unidos da América.
Porte: 3.6 a 4.7 metros
Características: Arbusto ou arvoreta de efeito espetacular, a magnólia é conhecida por emitir flores muito grandes, na maioria das vezes quando a planta já não apresenta mais folhas, em pleno inverno. O contraste formado por suas belas flores e o caule cinzento é esplendoroso. No paisagismo é utilizada isolada ou em grupos, se integrando muito bem a jardins de estilo oriental ou europeu.
Deve ser cultivada sempre sob sol pleno, em solos férteis e permeáveis. A irrigação regular é indicada no primeiro ano de implantação e em estações secas. Aprecia o clima ameno, sendo indicada para os locais mais frios, da serra dos estados do sul e do sudeste, onde a sua floração é mais abundante. Meia Sombra, Sol Pleno. Planta perene.
Orquídea Colmanara 3000047   Nome científico: Colmanara Wildcat
Nome popular: Orquídea Colmanara
Origem: híbrido entre a Oncostele Rustic Bridge e o Odontocidium Crowborough.
Porte: 50cm
Características: A sua florada é muito abundante, proporcionando um lindo espetáculo. Pode florir em qualquer estação, com maior probabilidade de acontecer no inverno. Gosta de Luz e temperaturas médias e é muito fácil de cultivar. Colmanara Wildcat é um híbrido intergenérico (cruzamento entre dois ou mais gêneros de Orchidadeae). Por isso não é possível identificá-la como as orquídeas mais comuns, com gênero e espécie. Na verdade, ela é um cruzamento entre dois híbridos: Odontonia (Miltonia x Odontoglossum) e Odontocidium (Oncidium x Odontoglossum). Observe que três gêneros diferentes estão envolvidos neste cruzamento: Miltonia, Odontoglossum e Oncidium.
Lirio 3000046   Nome científico: Lilium sp
Nome popular: Lirio
Família: Liliaceae
Origem: Ásia, China, Japão
Porte: 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros, 1.2 a 1.8 metros depende da espécie
Características: Originário da América Central, o lírio-da-paz (Spathiphylum wallisii ) é uma planta de porte altivo e elegante, suas folhas, de um verde intenso, contrastam com a cor de suas flores. Propaga-se por meio de sementes, divisão de touceiras ou por micropropagação e seu florescimento ocorre duas vezes ao ano: de janeiro a março e de julho a setembro. O lírio-da-paz é uma planta que resiste à baixas temperaturas (desde que superiores a 5 graus), sendo que, no inverno, para que tenha bom desenvolvimento, necessita de temperaturas em torno de 15 graus. O clima ideal para o cultivo é o moderadamente úmido (70%), com temperaturas entre 20 e 27 graus. Quanto à luminosidade, recomenda-se que o lírio-da-paz não fique exposto ao sol direto, pois isso causa o amarelamento de suas folhas e bloqueia seu desenvolvimento. Por outro lado, locais com pouca iluminação devem ser evitados, principalmente porque a falta de luminosidade adequada deixa as folhas alongadas em excesso, muito finas, fragilizadas e reduz acentuadamente a floração.
Orquídea Chocolate 3000045   Nome científico: Oncidium Sharry Baby
Nome popular: Orquídea Chocolate
Família: Orquídea
Origem: Cruzamento entre Oncidium Jamie Sutton com Oncidium Honolulu
Porte: Acima de 30 cm
Características: Clima intermediário - 10°c à 18°c, luminosidade 50% sombríamente. Floração pode florescer em qualquer época do ano.
Aroma Perfume forte de baunilha. Conhecida como orquídea chocolate.
Duração da floração : de 30 até 45 dias. Substrato Sphagnum, Substrato Misto (Fibra de côco, pínus e carvão)
Umidade/Regas: Constantes - Plantas com necessidades de umidade constante. Não deve ficar encharcada.
Brinco de Princesa Pendente 3000044   Nome científico: Fuchsia Hybrida
Nome popular: Brinco de Princesa Pendente
Família: Onagraceae
Origem: Brasil (Serra do Mar e Itatiaia) e cordilheira dos Andes
Porte: Mede cerca de 1,5m, podendo atingir até 3m de altura.
Características: Flor símbolo do Rio Grande do Sul, é uma planta que faz um enorme sucesso internacional. Possui muitas variedades, sendo que tanto pétalas, quanto sépalas podem ser de cores e de formas diferentes. As cores mais comuns são vermelho, rosa, azul, violeta e branco, com diversas combinações, sem mesclas. A ramagem é pendente, mas pode haver variações, com plantas mais eretas e outras mais pendentes. Pode ser cultivado a pleno Sol ou a meia-sombra, em vasos ou jardineiras como planta pendente ou em jardins apoiada à muros ou suportes. Adapta-se bem a regiões frias. Aprecia solos úmidos, mas não encharcado. Regar em média 2 vezes por semana.
Miltassia Royal Roby 3000043   Nome científico: Miltassia Royal Roby
Nome popular: Miltassia Royal Roby
Família: Orchidaceae
Porte: De 15cm a 30cm
Características: Planta tamanho 4? à florir entre 1 e 2 anos.Gosta de meia sombra e boa umidade ambiental. Planta de fácil cultivo e flores de longa duração. Deve ser cultivada a meia sombra, em local ventilado e com substrato aerado.
Orquídea Miltonia 3000042   Nome científico: Miltonia
Nome popular: Orquídea Miltonia
Família: Orchidaceae
Origem: Originária Brasil e Argentina
Porte: Pode atingir 0,45 m de altura
Características: Planta herbácea de pequeno porte, epífita, que pode atingir 0,45 m de altura. Os pseudobulbos são ovais, longos e achatados, permanecendo meio escondidos pelas bainhas foliares, com uma ou duas folhas no ápice. As flores são achatadas com o labelo maior que as demais, em geral com mácula em amarelo escuro, a coluna é curta e as polínias rígidas. Não aprecia sol direto, pois queima as folhas e pseudobulbos com facilidade, mas necessita de muita luz, então o melhor lugar para ela é à meia sombra de outras plantas ou em ripado com sombreamento de 70% e temperaturas entre 10-32º C. A umidade deve ser alta, por isto borrifar o chão do orquidário ajuda no equilíbrio das plantas. Cultivada em vasos pequenos não consegue expandir-se, o melhor é um vaso de tamanho médio de boca larga, preencher com substrato próprio para orquídeas feita de pedaços de fibra de coco ou aparas de madeira, colocando sempre cacos de tijolos, isopor ou argila expandida embaixo para boa drenagem.
Hotência 3000041   Nome científico: Hydrangea macrophylla
Nome popular: Hotência
Família: Hydrangeaceae
Origem: Japão e China
Porte: Pode atingir entre 1,0 a 2,5 m de altura
Características: É um arbusto semi-lenhoso e que produz muitas flores. A cor das flores de hortênsia depende muito do pH do solo, uma mesma planta pode dar flores azuis, rosas ou brancas. Solos ácidos produzem flores azuis, solos alcalinos dão origem a variedades rosa. As suas folhas são grandes, ovaladas, de cor verde-clara, duras e com bordas dentadas. No Outono as folhas caem. As hortênsias prestam-se a diversas utilizações na decoração dos jardins. Pode ser plantada em vasos, ou directamente no solo, isolada ou em grupos formando uma cerca. Cultivo em solos húmidos e bem adubados e ricos em matéria orgânica.
Vanda 3000040   Nome científico: Vandacea
Nome popular: Vanda
Família: Orquidea
Origem: Asiática
Porte: As orquídeas do tipo vandáceas vão crescendo indefinidamente, atingindo metros de altura.
Características: A Vanda é uma orquídea que necessita de calor e umidade.
Pode florescer até quatro vezes por ano em condições idéias, mas, se a temperatura baixar a 15 graus, ou menos, durante algumas semanas, pode entrar em estado de repouso ou estagnação por vários meses.
Se a temperatura atingir 30 graus ou mais, mantenha o chão bem molhado, para ou mais, mantenha o chão bem molhado, para aumentar a umidade relativa do ar nas suas imediações.
Requer muito adubo de forma foliar e radicular, porque suas raízes são aéreas. O adubo deve ter maior teor de fósforo, tipo 15-30-20, pois seu caule precisa crescer para uma nova floração. Suas flores podem durar cerca de 30 dias.
Você pode amarra-la num coqueiro, voltada para o lado norte, ou numa haste comprida, mas, se for plantar em vaso, que ele sirva só de base, nunca enterre suas raízes.
A Vanda deve ser colocada num local onde local onde receba luz filtrada nas horas de sol mais forte e iluminação direta do sol da manhã e do fim de tarde. Não deve haver nenhuma outra planta que lhe faça sombra em qualquer hora do dia.

Uma Vanda sem boas condições pode até florescer, mas suas haste será curta, com flores menores e forma medíocre.
Icsória 3000039   Nome científico: Ixora coccinea
Nome popular: Icsória
Família: Rubiaceae
Origem: Indonésia, Malásia.
Porte: De 0,9 a 1,2 metros
Características: A ixora é um arbusto muito apreciado nas regiões de clima quente. Seu aspecto é compacto e suas folhas têm uma textura de couro. Pode ser cultivada isoladamente ou em maciços, sendo ótimas para esconder muros e muretas. Atrai polinizadores.
Deve ser cultivada sempre a pleno sol, e não é muito exigente em fertilidade, sendo bastante rústica. Dispensa maiores manutenções, mas deve ser regada a intervalos regulares. Multiplica-se por estacas e não tolera geadas.
Gardênia 3000038   Nome científico: Gardenia jasminoides
Nome popular: Gardênia
Família: Rubiaceae
Origem: Ásia, China
Porte: 1.8 a 2.4 metros
Características: A gardênia é uma planta de rica fragrância e sua utilização deve aproveitar esta sua qualidade. Ela pode ser cultivada isolada em pátios ou próximo à portas e janelas, onde há transito de pessoas. Sendo conduzida sem podas de adensamento, apenas de limpeza, ela cresce com maior ventilação e é menos suscetível à doenças. Contudo, pode ser plantada em grupos e, sendo cuidada com zelo, pode formar belas cercas-vivas com textura mais compacta. O momento ideal para a poda das gardênias é após a floração. Presta-se para o plantio em vasos e é ótima para bonsai. Deve ser cultivada sob sol pleno, em solo fértil, levemente ácido, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e com regas regulares. Suplementações com quelatos de ferro e adubações na primavera e verão estimulam um crescimento vigoroso e florações intensas. A gardênia aprecia a temperatura amena, mas não tolera baixa umidade do ar. Ela se adapta bem ao clima subtropical e tropical de altitude, com noites frias.
Ave-do-Paraíso 3000037   Nome científico: Strelitzia Reginae Aiton
Nome popular: Ave-do-Paraíso
Família: Strelitziaceae
Origem: Originária da África do Sul
Porte: De 1 1,5 metro.
Características: Planta herbácea perene de grandes folhas verde-acinzentadas e nervura avermelhada, inseridas em rizoma em formato de roseta basal. Floresce da primavera ao outono nos climas mais frios, mas em regiões quentes produz flores o ano inteiro.
Camélia 3000036   Nome científico: Camellia L.
Nome popular: Camélia
Família: Theaceae
Origem: Sudeste Asiático, florestas da Índia, Japão e China
Porte: Até 4 metros de altura
Características: A camélia aprecia solos férteis, ácidos e com alta umidade. Em termos de luminosidade, ela pode estar localizada à meia-sombra ou sob sol pleno. A camélia não se adapta a temperaturas muito altas, mas pode aguentar geadas e climas com neve.
Caliandra 3000035   Nome científico: Calliandra Tweedii
Nome popular: Caliandra
Família: Fabaceae
Origem: América do Sul, Brasil
Porte: De 1,80m a 4,7m
Características: A caliandra é uma planta arbustiva, lenhosa e muito florífera. Apresenta caule ramificado e folhas compostas, bipinadas e opostas, com folíolo pequenos, de cor verde escura. As inflorescências são do tipo umbela, com flores pentâmeras e vermelhas, caracterizadas pelos longos e sedosos estames, que dão ao conjunto da inflorescência um aspecto de pompom. É uma espécie muito ornamental, devido principalmente ao charme de suas flores felpudas. Ela é excelente para formar cercas vivas topiadas ou renques informais. Também pode ser plantada isolada, criando um certo destaque ao jardim quando está florida.
Rua Darci Pereira Pozzi, 900 - Chapéu do Sol - CEP 91787-780 - POA - RS - Fone: 55 51 3250.5076 / 3346.8030
Copyright (c) 2012 - Todos os direitos reservados: Rossatto Garden Center. Criação Amor.