Atendimento de segunda a sexta das 7:30h às 11:30h e das 13:15h às 18:00h, aos sábados das 7:30 às 18:00

Produtos Repolho Ornamental 400015   Nome científico: Brassica Oleracea Var. Acephala
Nome popular: Repolho Ornamental
Família: Cruciferaceae - Brassicacerae
Origem: Europa
Porte: De 20 a 30cm de altura
Características: São dispostas em forma de roseta, de coloração que varia do branco, verde e violeta, com formatos diversos. Dispostas numa inflorescência que é um rácimo (grande inflorescência em forma de cacho, muitas vezes em uma espata central, ou constituída de um eixo indefinido com flores pedunculadas). Sol pleno ou meia-sombra. Clima ameno e frio, resiste a geadas. Apesar de ser mais rústica que as couves comestíveis, se no preparo do canteiro for colocado adubo orgânico, os resultados serão mais satisfatórios. Prefere solos areno-argiloso. Mistura para vaso: 1 parte de terra comum de jardim, 1 parte de composto orgânico e 1 de areia grossa de construção bem lavada.
Grama Preta Anã 400014   Nome científico: Ophiopogon japonicus
Nome popular: Grama Preta Anã
Família: Liliaceae
Origem: Japão, China e Coréia.
Porte: Forma tufos com cerca de 15 cm de altura, suas folhas arqueadas chegam a 30 - 40 cm de comprimento.
Características: Bastante utilizada como bordadura e forração sobre sombra de árvores e lugares onde não há transito de pessoas. Terra rica em húmus e que tenha boa drenagem. Ela não resiste a pisoteio. Quando plantada pela primeira vez por meio de rizomas, espalha de forma lenta, mas depois de consolidada tem crescimento rápido. Aprecia solo ligeiramente úmido, regar de 2 a 3 vezes por semana. Sol pleno, meia-sombra ou sombra. Forma tufos com cerca de 15 cm de altura, suas folhas arqueadas chegam a 30 - 40 cm de comprimento.
Grama preta alta 400013   Nome científico: Ophiopogon japonicus
Nome popular: Grama preta alta
Família: Ruscaceae
Origem: Ásia, China, Japão
Porte: De 0.1 a 0.3 metros, menos de 15 cm
Características: A grama-preta ao contrário do que parece não é uma gramínea. Sem caule e com folhas finas e escuras, ela é uma excelente forração para áreas sombreadas. Há também uma variedade variegada, de folhas verde-amareladas, e uma variedade anã, de folhas mais curtas. Esta planta não suporta o pisoteio, em compensação não necessita ser aparada. Pode ser utilizada também como bordadura. Vendida comumente na forma de placas.
Deve ser cultivada sob sombra ou pleno sol, em solos férteis e bem drenáveis, enriquecidos com matéria orgânica, com adubações semestrais e regas regulares. Multiplica-se por divisão das touceiras.
Falsa Erica 400012   Nome científico: Cuphea gracilis
Nome popular: Falsa Erica
Família: Angiospermae ? Família Lythraceae.
Origem: Nativo brasileira.
Porte: 30cm de altura
Características: Planta herbácea perene de altura até 0,30 m muito ramificada, forma arredondada.
As folhas são verdes, estreitas e pequeninas.
Clorofito 400011   Nome científico: Chlorophytum Comosum
Nome popular: Clorofito
Família: Agavaceae
Origem: África, África do Sul
Porte: 0.3 a 0.4 metros, 0.4 a 0.6 metros
Características: O clorofito é uma planta de fácil cultivo, e pouco exigente em manutenção, sendo bastante comum seu plantio em cestas suspensas, vasos e jardineiras, onde seu aspecto pendente é valorizado. Adapta-se muito bem a interiores, tolerando inclusive o ar-condicionado e eventuais ?esquecimentos?. Também pode ser aproveitada em canteiros, bordaduras ou como forração, mas não suporta pisoteio.
Semânia 400010   Nome científico: Gloxinia Sylvatica
Nome popular: Semânia
Família: Gesneriaceae
Origem: Brasil
Porte: 0.6 a 0.9 metros
Características: Planta muito rústica e de aparência muito vivaz, a semânia possui folhas alongadas, afiladas e de coloração verde escura. É uma ótima planta para cultivar em canteriros, vasos e jardineiras. Devem ser cultivadas a meia-sombra, em substrato rico em matéria orgânica, bem drenável, com regas freqüentes.
Azulzinha 400009   Nome científico: Evolvulus glomeratus
Nome popular: Azulzinha
Família: Convolvulaceae
Origem: Nativa brasileira
Porte: altura máxima de 30 cm
Características: As folhas são pequenas, verdes, ovais e delicadas, inseridas nos talos de forma alternada.
As flores são pequenas, achatadas e de pétalas arredondadas na cor azul.
Uma espécie semelhante do mesmo gênero é o Evolvulus pusillus de flores brancas.
A planta floresce ao longo do ano, mais durante a primavera.
Penicilina 400008   Nome científico: Alternanthera Brasiliana
Nome popular: Penicilina
Família: Amaranthaceae
Origem: Brasil
Porte: atinge 50-60cm
Características: As folhas possuem coloração que varia desde o arroxeado escuro, até o bordô vibrante, o que lhe indica para a composição de maciços ao lado de plantas com folhagem semelhante e de coloração verde, a alternância entre as cores dando movimento e vivacidade ao jardim. Sol pleno e meio-sol.
Musgo Tapete 400007   Nome científico: Selaginella kraussiana
Nome popular: Musgo Tapete
Família: Selaginellaceae
Origem: África do Norte
Porte: menos de 15 cm
Características: Perene, luz difusa, meia sombra.
Tostão 400006   Nome científico: Callisia repens
Nome popular: Tostão
Família: Commelinaceae
Origem: América Central, América do Sul
Porte: De 5 a 25 cm de altura.
Características: Deve ser cultivada sob meia-sombra, em solo fértil, leve, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Não tolera o frio, ventos fortes ou pisoteio. O cultivo sob sol pleno torna a planta excessivamente avermelhada e queima as folhas. Já sob sombra, ela perde o aspecto denso, crescendo com entrenós mais compridos. Aprecia adubações mensais na primavera e verão.
Zinia 400005   Nome científico: Zinnia elegans
Nome popular: Zinia
Família: Asteraceae
Origem: América do Norte
Porte: 0.9 a 1.2 metros
Características: Devem ser cultivadas a pleno sol, em solo composto de terra de jardim e terra vegetal, drenável, com regas regulares. Aprecia o calor dos trópicos, mas adapta-se a um clima mais ameno. Multiplica-se por sementes.
Tradescantia 400004   Nome científico: Tradescantia pallida purpurea
Nome popular: Tradescantia
Família: Commelinaceae
Origem: América do Norte, México
Porte: 0.3 a 0.4 metros
Características: Meia sombra, sol pleno e perene. A coloração e a textura desta planta são muito originais, criando belos volumes. Sua folhas e caules são roxos e suas florzinhas são rosas. Bastante rústica, é uma planta utilizada para quem aprecia brincar com as cores. Excelente para formar maciços e bordaduras, também pode ser utilizada como forração ou em floreiras.
Lavanda 400003   Nome científico: Lavandula angustifolia
Nome popular: Lavanda
Família: Lamiaceae
Origem: Ilhas Canárias, norte e oeste da África, sul da Europa e no Mediterrâneo, Arábia e Índia.
Porte: De 15cm até 60cm.
Características: As lavandas crescem em jardins. Suas flores são usadas para arranjos florais secos. As flores púrpuras e os brotos, de fragrância suave, são utilizados em potpourris. Secos e embalados em pequenos saquinhos de tecido de algodão são utilizados para serem colocados entre as roupas do armário para dar-lhes uma fragrância fresca e agradadável, e também para impedir a presença de insetos e parasitas.
Cravina 400002   Nome científico: Dianthus Chinensis
Nome popular: Cravina
Família: Caryophyllaceae.
Origem: Ásia e Europa.
Porte: De 30 a 40 cm de altura
Características: A Cravina é uma planta herbácea. Ela possui flores solitárias, simples, de cores vermelhas, róseas, arroxeadas, brancas ou com mesclas de cores. Sua principal característica são as pétalas largas com bordas serrilhadas, presentes nas suas flores, que geralmente surgem no verão. As mini-rosas são as plantas ideais para acompanhá-las nos jardins.
É muito utilizada em jardins, em maciços e bordaduras, criando um efeito campestre. Seu uso em ambientes internos é muito restrito, devido à necessidade de sol direto.
Begonia 400001   Nome científico: Begonia Elatior
Nome popular: Begonia
Família: Begoniaceae
Origem: América Tropical.
Porte: Máximo 20cm.
Características: As begônias são flores muito apreciadas no mundo todo, possuindo flores muito atraentes, delicadas, com aspecto suculento. São hoje uma das flores em vasos mais vendidas no Brasil e no mundo, sendo amplamente utilizadas principalmente na decoração de interiores. As begônias devem ficar em locais com meia-sombra, sem muito sol direto, de preferência em locais quentes e úmidos, pois não suportam bem o frio. É recomendado o plantio em uma boa terra de jardim, adicionando-se húmus.
Jiboia 400000   Nome científico: Epipremnum pinnatum
Nome popular: Jiboia
Família: Araceae
Origem: Ilhas Salomão
Características: Semi-herbacea de crescimento vigoroso e de ramos ascendentes.
1
Rua Darci Pereira Pozzi, 900 - Chapéu do Sol - CEP 91787-780 - POA - RS - Fone: 55 51 3250.5076 / 3346.8030
Copyright (c) 2012 - Todos os direitos reservados: Rossatto Garden Center. Criação Amor.