Mostrando 1–16 de 47 resultados

  • Abacaxi roxo

    No paisagismo, o abacaxi roxo é uma forração tropical por excelência. O colorido atrativo de suas folhagens, assim como a textura peculiar e o efeito geométrico das rosetas, cria contrastes interessantes no jardim.

  • Aglaonema

    Apresentam textura herbácea, apresentam filhas grandes, espessas, geralmente verdes, mas de tonalidades e padrões de manchas diversas. Perfeita para decoração de interiores, no entanto necessitam de boa ventilação e não suportam ambientes secos. Podem ser cultivadas em vasos, jardineiras, jardins de inverno ou até mesmo em canteiros no jardim, formando belos maciços ou bordaduras.

  • Asplênio Crespo

    O Asplênio é uma tipo de samambaia, de folhas inteiras. Suas folhas são grandes e brilhosas, sendo bastante usadas tanto em jardins quanto em vasos.

  • Asplênio rendado

    É uma planta ideal para interiores. Preferem a sombra e resistem bem a pouca iluminação. Também gosta de clima úmido. 

  • Avenca

    Avenca é uma planta medicinal também conhecida como avenca-comum, pertencente a família das samambaias.

  • Bromélias

    Existem diversas espécies de bromélias. Para sombra, para sol, com diferentes tamanhos, cores e modelos.

  • Buxus

    O buxinho é um arbusto, lenhoso. Sua folhagem verde escura é resistente e regenera-se bem das podas semestrais. É muito utilizado em cercas vivas, bordaduras e topiarias, porém deve ter paciência, pois seu crescimento é relativamente lento se comparado à outros arbustos. Com o tempo e boas podas de formação, torna-se bastante compacto e denso. Tem grande durabilidade e rusticidade com os cuidados básicos, exigindo pouca manutenção. Perfeito para compor desenhos, cercas e esculturas vivas, também é muito utilizado para Bonsai. Adapta-se muito bem ao cultivo em vasos. Devem ser sempre cultivados a pleno sol ou meia sombra, com solo fértil e regas regulares.

  • Carnívora

    São plantas carnívoras, em sua maioria trepadeiras.

  • Cóleus

     Conhecida também como coração-magoado, essa espécie tem dezenas de variedades de padrões, formatos e cores. Essa folhagem não chega a um metro de altura e fica ainda mais bonita se mantida em solo fértil, sempre úmido, com boa iluminação.

  • Confete

     É uma planta herbácea que se caracteriza por apresentar um caule não lenhoso. Apresenta uma textura bastante delicada, e por seu aspecto diferente e atrativo, a folhagem é bastante apreciada pelas pessoas.

  • Costela de adão

     Suas folhas são espetaculares! Gigantes, elas possuem um desenho único. As bordas são perfeitamente recortadas e possuem furos no meio, como se quisessem arejar-se. Além disso, apresentam uma coloração verde escura e são muito brilhantes.

     

  • Cróton

    O cróton é uma planta arbustiva de folhagem muito exuberante. No entanto o que mais chama a atenção nesta planta é o colorido de suas folhas, que se mostram mescladas de vermelho, roxo, rosa, branco, amarelo, verde ou laranja, nas mais variadas combinações.

  • Cróton Brasileirinho

    Possui lindas folhas, brilhosas e coloridas. É um arbusto que mantém suas folhas o ano inteiro (perene). Pode ser utilizado dentro de casa, porem precisa de um lugar com boa ventilação. 

  • Dracena tricolor

    Folhas lindas com riscos de coloração creme ou cor de rosa, com tons de verde.  Ideal para sol pleno e meia sombra.

  • Estrelítzia

     As inflorescências da estrelitzia são formadas durante o ano todo, mas principalmente no verão. É indicada para jardins tropicais e para o litoral por tolerar os ventos e a salinidade do solo. 

  • Filodendro lua clara

    Entre as espécies indicadas para locais sombreados, os filodendros se destacam pela resistência à essa condição. Com folhagem decorativa exuberante, conferem um destaque especial aos jardins, sejam eles plantados diretamente no solo ou em vasos.