Mostrando 17–32 de 50 resultados

  • Estrelítzia

     As inflorescências da estrelitzia são formadas durante o ano todo, mas principalmente no verão. É indicada para jardins tropicais e para o litoral por tolerar os ventos e a salinidade do solo. 

  • Filodendro lua clara

    Entre as espécies indicadas para locais sombreados, os filodendros se destacam pela resistência à essa condição. Com folhagem decorativa exuberante, conferem um destaque especial aos jardins, sejam eles plantados diretamente no solo ou em vasos.

  • Fitônia

    A planta-mosaico é uma espécie rasteira e herbácea de folhagem decorativa e muito popular em terrários fechados, locais em que se adapta muito bem, por sua grande necessidade de umidade.

  • Hera-sueca

    Apresenta folhas ovais, brilhantes e com bordas denteadas. Sao indicadas para vasos e jardineiras, como planta pendente além de servir também como forração, sempre à meia sombra.

  • Leucofilo

    Florescem praticamente durante o ano inteiro, mas principalmente na primavera e após as chuvas de verão. Pode ser cultivada no solo ou em vasos. 

  • Lumina

    É uma planta herbácea, que se destaca pelo colorido incomum da folhagem. Suas folhas são largas e longas, com o limbo verde escuro e fosco e uma longa e grossa nervura central, de brilho translúcido e cor creme-alaranjada. Sua exuberância pode ser apreciada em interiores bem iluminados, próximo a janelas, mas sem sol direto. 

  • Maranta ‘Medallion’

    Embora a Calathea desenvolva flores, elas normalmente são muito pequenas e insignificantes. As exceções incluem Calathea crocata, Calathea loeseneri e Calathea lancifolia. A Calathea só deve ser usado em clima quente em lugares ao ar livre. Use-o em condições de sombreamento e proteção de ventos e até mesmo frio ameno. Luz solar direta prolongada pode ser nociva a planta. Se a planta é exposta a uma temperatura baixa, cortar todas as folhas e caules, e fertilizar a planta fará com que ela volte ao normal.

  • Maranta Anel de Prata

    Devem ser cultivadas à meia sombra. As Marantas preferem luz média, a luz solar intensa torna as folhas murchas e as margens secas e castanhas.

  • Maranta dottie

    Atinge uma altura média de 30cm – 40cm. Prefere locais com sombra parcial.

  • Maranta Makoyana

    Excelente para decoração de espaços internos. A folhagem da Maranta Macoiana parece uma melancia, com mesclas em verde claro e escuro. Ela tem uma flor pequena e branca, que se desenvolve no meio das folhas.

  • Maranta Variegata Tricolor

    A maranta-variegata é planta de textura herbácea e folhagem muito ornamental. Com cerca de 80 centímetros de altura, ela apresenta folhas grandes, coriáceas e glabras, com uma combinação de cores interessante: verde, manchada de verde escuro, branco e prateado na face superior, e com a superfície inferior avermelhada. Suas flores são brancas em espiga e não têm importância ornamental.

  • Maranta zebrina

    A planta que é classificada como herbácea poderá chegar a medir, de altura, 1 metro, não importa se foi cultivada em vasos de pequeno porte ou se foi colocada em canteiros. Uma das suas características é a forma irregular como ela cresce, com os rizomas que são semi-enterrados e as folhas ?descem? saindo diretamente do caule.

  • Maranta-riscada

    A maranta-riscada é uma planta formada por rizomas, robusta, perene, que alcança de 30 a 90 cm de altura, com folhagem ornamental.Suas folhas possuem linhas paralelas rosa-avermelhadas, aos pares, as quais desaparecem na fase adulta. Na face de baixo as folhas são roxas. É a espécie de calathea de maior porte em cultivo.As florações só se formam em locais com temperaturas e umidade altas, mas não possuem qualquer importância ornamental. É muito sensível a geadas, não sendo recomendável o cultivo em locais mais frios.

  • Mil-cores

    A mil-cores é uma planta arbustiva que se destaca pelo colorido de suas folhas e ramos. A mil-cores apresenta crescimento rápido a moderado e uma folhagem festiva, alegre, de aspecto denso e delicado. No jardim, ela é apropriada para o cultivo como planta isolada, em grupos ou em conjuntos com outras plantas tropicais, podendo formar composições harmoniosas de cor e textura.

  • Palmeira Areca

    A palmeira-areca é umas das palmeiras mais populares do mundo, tanto no jardim quanto na decoração de interiores. De estipes múltiplos, chega a ser muito entouceirada. Os estipes são elegantes, anelados, com bainhas de coloração verde-esbranquiçada a amarelada.

  • Peperômia Folha Dura

    São plantas herbaceas, semi-eretas, de caule suculento, pouco ramificado e firme. Suas folhas são ovaladas, carnosas e lisas. Ideais para vasos e jardineiras dentro de casa, desde que sejam cultivadas perto de janelas, pois precisam de bastante claridade.